ibá

Como o Setor Global de Produtos Florestais Trata das Mudanças Climáticas

Criado: 11 dezembro 2015

Como fonte renovável e reciclável, florestas de todos os tipos possuem um papel fundamental no ciclo global do carbono.  O setor de produtos florestais está ajudando a mitigar as mudanças climática por meio do sequestro de carbono e investimentos para melhorar a eficiência dos recursos, assim como pelo desenvolvimento de novos produtos inovadores que substituem materiais baseados em combustíveis fósseis.  Membros do ICFPA apoiam políticas e programas nacionais e regionais de combate às mudanças.

O Caminho para uma Menor Pegada de Carbono

O setor está diminuindo a emissão de gases do efeito estufa (GEE) pela reestruturação e melhoria da eficiência das fábricas. O Relatório de Progresso de Sustentabilidade 2015 do ICFPA (baseado em dados de 2013) mostra que os membros conseguiram uma queda admirável na intensidade de emissão dos GEE de 5 por cento desde 2010/2011, e 17 por cento desde o ano referência de 2004-2005. Um componente importante para essas melhorias foi a redução da dependência em energia de combustíveis fósseis e a produção de mais energia renovável “verde” oriunda de biomassa do local para as operações. O Relatório de 2015 também indica que os membros coletivamente aumentaram a quantidade de bioenergia neutra em carbono em sua matriz de combustível em três pontos percentuais, chegando a 61 por cento.

O setor de produtos florestais é inerentemente renovável. Os membros do ICFPA promovem a gestão sustentável de florestas possuindo cerca de 300 milhões de hectares de áreas florestais certificadas por uma entidade independente, que fornecem uma grande quantidade de fibra de madeira usada pelo setor. Ao seguir as melhores práticas, florestas de todos os tipos bem gerenciadas podem ser um fator de contribuição positivo para o sistema de gestão de carbono. 

A biomassa neutra em carbono colhida em florestas gerenciadas de forma sustentável é uma realidade reconhecida internacionalmente, sob a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (UNFCCC), o protocolo de Kyoto e as decisões de implementação.  

Sequestro de Carbono

As florestas do mundo são como “escoadouros” de carbono que removem o dióxido de carbono da atmosfera e o armazena em árvores e no solo. Como parte das práticas de sustentabilidade do setor, as arvores existentes que são colhidas em geral crescem novamente garantindo a manutenção dos estoques de carbono e novos plantios em terras degradadas podem aumentar ainda mais a remoção de GEE. O carbono também fica armazenado em produtos feitos de madeira, inclusive o papel. Esta armazenagem se entende ainda mais através da recuperação e reciclagem de produtos florestais. Por exemplo, a taxa total de recuperação de papel aumentou para quase 58 por cento em 2013, em comparação a 46 por cento em 2000.

Produtos e Tecnologias Inovadoras de Base Biológica

O setor global está encontrando novas e inovadoras maneiras de otimizar o uso da fibra de madeira. Além do seu uso tradicional em produtos florestais, produtos de fibra de madeira podem substituir itens tradicionalmente feitos de combustíveis fósseis. Os membros do ICFPA estão desenvolvendo novos mercados para os produtos de base biológica com o uso de tecnologias inovadoras.  A fibra de madeira agora está presente em tudo, de produtos químicos a cosméticos a peças de carros. A celulose pode ser usada em ampla variedade de aplicações, inclusive impressão 3D, plástico reforçado, equipamento esportivo de ponta, e aplicações médicas. Os consumidores podem ter a confiança que ao usar produtos com base em madeira estão contribuindo para uma economia de baixo carbono.

O Caminho a Paris: Convite a Ação

O setor global de produtos florestais fez avanços importantes da redução de sua pegada de carbono, armazenamento de carbono, e geração de remoção de GEE. Todas essas iniciativas ajudam a mitigar as mudanças climáticas. Os membros do ICFPA estão em uma jornada de melhoria contínua. Nós juntos convidamos as partes para a UNFCCC nas negociações em Paris para que a biomassa continue a ser considerada neutra em carbono quando colhida de florestas gerenciadas de forma sustentável e aumentar o reconhecimento de todas as contribuições positivas oferecidas pelas florestas e produtos florestais no combate às mudanças climáticas. Como diz a Declaração de Nova York sobre as Florestas, da ONU, “As florestas representam a maior e mais eficaz do ponto de vista de custo solução disponível hoje para o clima.”

O ICFPA pede que os governos e a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima a: • Reconhecer a gestão sustentável de florestas e reflorestamentos por sua contribuição aos esforços globais para o clima; • Reconhecer os esforços e conquistas do setor de produtos florestais na mitigação das mudanças climáticas; • Apoiar inovações tecnológicas no setor, e a cadeia de valor; • Estabelecer um claro e previsível quadro de políticas para o uso de biomassa florestal que reduza o risco para investimentos, inovação e a futura competitividade do setor; • Oferecer mecanismos baseados no mercado capazes de valorizar ações de mitigação para incentivar a contribuição potencial do setor.

Setor de Produtos Florestais: Parte da Solução Contra as Mudanças Climáticas

Sobre o ICFPA:

O International Council of Forest and Paper Associations (ICFPA) e seus membros assumem o compromisso de desenvolvimento sustentável para garantir que os benefícios ambientais, sociais e econômicos permaneçam disponíveis para as gerações de hoje e futuras.

Os membros da ICFPA fazem importantes contribuições do setor para a mitigação de mudanças climáticas para o benefício de uma economia verde e uma sociedade mais ampla.

O ICFPA serve como um fórum global de diálogo, coordenação e cooperação. Juntos, os membros do ICFPA representam mais de 90 por cento da produção global de papel e mais da metade da produção global de madeira. Para mais informações, acesse www.icfpa.org.

Setor de Produtos Florestais: Parte da Solução Contra as Mudanças Climáticas

Icfpa.org

info@icfpa.org

«Veja todas as notícias