ibá

Indústria Brasileira de Árvores conquista prêmio internacional de comunicação

Criado: 12 abril 2017

Infográfico “As Árvores Plantadas e seus Múltiplos Usos” é reconhecido como melhor projeto mundial de Infografia e Apresentação Visual de Dados produzido em português e espanhol

Na noite desta quarta-feira, 5/4, a Industria Brasileira de Árvores (Ibá) foi nomeada vencedora do Prêmio Fundacom - que reconhece os principais projetos de comunicação produzidos nas línguas espanhola e portuguesa em todo o mundo -, na categoria “Infografia e apresentação visual de dados”, com o infográfico “As Árvores Plantadas e seus Múltiplos Usos”.

“É com muito orgulho que recebemos este importante prêmio internacional, que vem coroar o diário esforço de comunicação da associação para disseminar as boas práticas do setor. Com o desafio inédito de mapear e quantificar o potencial da indústria de árvores plantadas, a Ibá se propôs neste infográfico construir, de forma didática, os caminhos do setor florestal no nosso País. Em um futuro promissor, em que se consolida uma nova ordem econômica, baseada em produtos sustentáveis e essencialmente de baixo carbono, o Brasil tem grande oportunidade para ser o destaque desta economia que passará a mover o mundo, uma vez que somos um dos únicos com capacidade para atender o crescente consumo global de madeira”, ressalta Elizabeth de Carvalhaes, presidente executiva da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá).

A cerimônia de entrega ocorreu em Miami, no CIBECOM’2017 - 1ª Cimeira Ibero-Americana de Comunicação Estratégica. A Fundacom tem o apoio das principais associações de comunicadores da Iberoamérica, representadas por mais de oito mil diretores e profissionais de comunicação de países como Brasil, Portugal, República Dominicana, Uruguai, México, Colômbia, Argentina, Chile e Espanha.

“A premiação da Fundacom mostra que a nossa estratégia de comunicação está no caminho certo. O infográfico faz parte de uma linha de atuação que a Ibá vem apresentando nos últimos anos com o objetivo de aproximar o trabalho da indústria florestal com o público. Em 2015, fizemos um material semelhante onde mostramos a relação das árvores plantadas com os recursos hídricos. Atualmente, trabalhamos com dezenas de canais de comunicação direcionados para perfis distintos, incluindo ações em mídia sociais e vídeos institucionais, focados em demonstrar a importância dos produtos florestais para a economia e o meio ambiente do Brasil, reforçando a sua contribuição sustentável”, conclui Milena Serro, Gerente de Comunicação Institucional da Ibá.

O Infográfico “As Árvores Plantadas e seus Múltiplos Usos”

A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) prevê que o planeta terá 9,1 bilhões de pessoas até 2050, que consumirão três vezes mais produtos provenientes da madeira, exigindo 250 milhões de hectares adicionais de florestas plantadas. E como atender a crescente demanda por madeira e ao mesmo tempo, reduzir os impactos ambientais e o aquecimento global, validando os compromissos assumidos no Acordo de Paris? Este movimento favorece a consolidação de uma nova ordem econômica, essencialmente de baixo carbono, em que a solução passa diretamente pelas florestas plantadas que geram matéria-prima e produtos sustentáveis, com ciclos renováveis.

Para apresentar toda a potencialidade do Brasil nesse setor - que já detém a liderança mundial em produtividade florestal com aproximadamente 36 m³/ha.ano - a Ibá desenvolveu o Infográfico Árvores Plantadas e seus Múltiplos Usos. O material ilustra os inúmeros produtos de base florestal - desde a sua origem na árvore até a sua fabricação - que são essenciais e estão presentes no dia a dia do consumidor. Eles vão desde os mais curiosos como molho Barbecue, sorvetes, xaropes, cremes de leite sucos, ração canina, esmaltes, capsulas de remédios, repelentes naturais, desinfetantes, sabão, filtros de purificação, roupas, tecidos, cosméticos e fraldas, até os mais evidentes como lápis, papéis, embalagens, painéis de madeira, pisos laminados, livros e cadernos; passando também pelos combustíveis, solventes, adesivos, tintas, conservantes, fibras de carbono, energia, mantas asfálticas, entre outros.

O infográfico apresenta ainda os setores que, por meio dos investimentos em tecnologias e inovação da indústria brasileira de árvores, poderão ser inseridos à cadeia produtiva florestal num futuro próximo, abrindo portas para um mercado mais amplo e aumentando a competitividade do País no cenário de demanda crescente.

«Veja todos os releases